Seguro Saúde Viagem Europa

seguro saude viagem europaAh Europa…
Arquitetura, arte, passagens históricas e muitos registros feitos ao longo dos anos nesse continente, que é um dos preferidos para serem cenário de férias, lua de mel e tantas outras ocasiões especiais em que brasileiros e pessoas do mundo inteiro buscam para somar novas experiências e fazer das suas histórias ainda mais bonitas.

Visitar a Europa significa uma possibilidade de ver vários países com a mesma facilidade com que se no Brasil visitamos outros estados e, a cada país, descobrir uma nova cultura e novas maneiras de aproveitar.

A gastronomia da Itália, o romance de Paris e a beleza da Grécia são alguns dos maiores atraentes de pessoas do mundo inteiro que buscam destinos incríveis para passar alguns dias ou, então toda uma temporada estudando nas mais históricas e reconhecidas universidades europeias.

Independente do motivo pelo qual se escolhe a Europa como destino, o passaporte é obrigatório, mas não há a necessidade de obter um visto e nem de se submeter a toda a burocracia que é encontrada quando se opta pelos Estados Unidos como destino, por exemplo. No entanto, existe uma obrigatoriedade ao ir para a Europa como turista: obedecer ao Tratado de Schengen.

Tratado de Schengen e os riscos de viajar sem o Seguro Saúde Viagem Europa

O Tratado de Schengen é um acordo assinado entre os países da União Europeia, onde um dos aspectos envolvidos é de que todos os turistas que quiserem visitar esses países devam estar munidos de um seguro saúde viagem Europa com uma seguradora ou assistência de viagem, no que diz respeito à assistência médica por doença ou por acidente.

O tratado foi assinado entre os países para que tanto os nativos de cada país da União Europeia, quanto turistas, possam circular livremente entre os países europeus com segurança e com mais liberdade, ao mesmo tempo.

A obrigatoriedade serve como um bloqueio para quem insiste em viajar para qualquer país da Europa sem ter contratado previamente um seguro saúde viagem Europa.

Os seguros são contratados com base em variáveis como tempo de estadia na Europa e idade dos viajantes. Além da necessidade de contratação do seguro saúde viagem Europa durante o período de viagem, é necessário que esse plano tenha uma cobertura mínima de 30 mil euros, o que irá garantir que, no caso de qualquer tipo de acidente ou necessidade de atendimento e tratamento a partir de uma instituição médica como um hospital, por exemplo, seja garantido ao turista um atendimento de qualidade além da continuidade dos tratamentos posteriores com coberturas de remédios e outros tipos de auxílios que venham a ser necessários.

O contrato do pacote de seguro saúde viagem Europa varia de acordo com a operadora em que o plano foi contratado, além do período de estadia no país de destino.

Podemos citar algumas das coberturas contidas em um plano de Assistência viagem para a Europa:

  • assistência médica com cobertura de 30 mil euros no mínimo, no caso de acidente ou doença;
  • assistência odontológica;
  • passagem aérea e hospedagem para um familiar do paciente;
  • extensão da internação hospitalar;
  • transmissão de mensagens urgentes;
  • cancelamento de viagem;
  • assistência jurídica no caso de acidente de trânsito;
  • translado de executivos;
  • gastos com busca e salvamento;
  • garantia de viagem de volta entre outros.

Essas são algumas das diversas coberturas, que podem ser encontradas no site http://www.multiseguroviagem.com.br que apresenta diversas opções de planos de diferentes operadoras além de valores diferenciados para turistas que estão prestes a ingressar em um destino europeu.

Riscos de não garantir seu Seguro Saúde Viagem Europa

Além de não conseguir ingressar no país, o turista que não garantir um seguro saúde viagem Europa, pode ficar sem assistência no caso de qualquer tipo de acidente, o pagamento por qualquer tipo de consulta ou tratamento deverá ser feito por conta própria, o que significa um gasto de no mínimo 100 euros por consulta e valores ainda maiores no caso de necessidade de internação ou qualquer tipo de tratamento mais sério.

A saúde na Europa é consideravelmente boa e de qualidade, porém, o período de crise nos países fez com que muitos médicos fossem demitidos, assim como consultórios particulares fossem fechados e enfermeiras deixassem de prestar assistência para instituições de saúde espalhadas pelos países europeus.

Na hora de contratar um seguro saúde viagem Europa, é extremamente necessário prestar atenção em todos os detalhes e condições do pacote. Isso quer dizer que tanto a cobertura, quanto a prestação de serviços depende bastante da necessidade de tratamentos e/ou cuidados por parte do turista, por isso utilizar os serviços de comparação como do site http://www.multiseguroviagem.com.br é essencial para que seja possível acertar na escolha do pacote.

Independendo disso, existem condições diferenciadas para cada tipo de contratação, sendo que algumas modalidades fazem com que o reembolso do tratamento seja feito somente na volta do turista ao seu país de origem, enquanto outras empresas optam por oferecer todo o serviço sem necessidade de reembolso do turista, mantendo profissionais e atendentes da empresa seguradora a disposição para acionarem os locais conveniados para fazerem o atendimento, independente do local em que o turista esteja.

No caso de planos com reembolso posterior, por exemplo, é preciso que o turista faça o planejamento financeiro adequado, com a habilitação do uso de cartão de crédito no exterior, além de ampliar o limite do mesmo e organizar-se para deixar disponível valores que podem ser utilizados nestas ocasiões imprevistas, já que ficar sem dinheiro para pagar um atendimento emergencial pode ser bem complicado quando estiver fora do país.

Uma resposta a Seguro Saúde Viagem Europa

  1. Pingback: Ol_anteez WordPress Theme |

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>